cerrar
cerrar

caf.com / notícias / nos dias 25 e 26 de abril, na argentina, o caf convida a que sejam colocadas mãos à obra por infraestruturas mais inclusivas e resilientes.

notícias

TwitterFacebookGoogle plusLinkedInYoutubeRSSSuscribe
12 de abril de 2018Nos dias 25 e 26 de abril, na Argentina, o CAF convida a que sejam colocadas mãos à obra por infraestruturas mais inclusivas e resilientes.
1img - Nos dias 25 e 26 de abril, na Argentina, o CAF convida a que sejam colocadas mãos à obra por infraestruturas mais inclusivas e resilientes.

Mais de 50 líderes da região e do mundo discutirão os desafios do setor de infraestrutura na América Latina e compartilharão boas práticas relacionadas a financiamento, integração, produtividade, resiliência, inclusão, planejamento, tecnologia, regulamentação, entre outros temas, na Conferência sobre Infraestrutura para o Desenvolvimento da América Latina, a ser promovida pelo CAF, no hotel Alvear Icon, em Buenos Aires.

comparteimg - Twitterimg - Facebookimg - GooglePlusimg - LinkedInimg - Whatsapp

A lacuna de infraestrutura atualmente existente na América Latina representa uma grande oportunidade para darmos um salto em termos de qualidade. Por este motivo, o CAF –banco de desenvolvimento da América Latina- convida mais de 50 líderes globais e mais de 500 participantes a trocar experiências, compartilhar boas práticas e discutir os principais desafios da agenda de infraestrutura em um ambiente com melhores perspectivas de crescimento econômico para a região.   

A Conferência sobre Infraestrutura para o Desenvolvimento da América Latina, que será realizada nos dias 25 e 26 de abril, no hotel Alvear Icon, em Buenos Aires, Argentina, contará com palestras magistrais, painéis e mesas redondas, com ênfase em como aumentar a quantidade e a qualidade dos investimentos, como adaptar a regulamentação para a incorporação de novas tecnologias, como atender à agenda do desenvolvimento sustentável e das mudanças climáticas e como melhorar o acesso universal aos centros de fornecimento de bens e serviços.

Entre os palestrantes, além do presidente-executivo do CAF, Luis Carranza, destacam-se o chefe de gabinete de ministros da Argentina, Marcos Peña; o ministro do Transporte da Argentina, Guillermo Dietrich; o ministro do Interior, Obras Públicas e Moradia da Argentina, Rogelio Frigerio; o ministro do Transporte e Obras Públicas do Uruguai, Víctor Rossi; o prefeito de Medellín, Federico Gutiérrez; a cofundadora da ZipCar; Robin Chase; o secretário-geral do Fórum Internacional de Transporte da OCDE, Young Tae Kim; e o vice-presidente corporativo de Infraestrutura do CAF, Antonio H. Pinheiro Silveira; entre outros.

Na América Latina, 8 em cada 10 pessoas vivem em cidades e cerca de 20% a 30% da população vive em assentamentos informais, com acesso precário a serviços básicos, como água e eletricidade. A infraestrutura urbana consiste em uma conexão entre a qualidade de vida e o aumento da produtividade. Portanto, é crucial reduzir a exclusão social, melhorar o planejamento e a resiliência e avançar na cobertura e na qualidade dos serviços públicos, entre outros aspectos. Este é um dos temas centrais que serão discutidos durante a Conferência sobre Infraestrutura para o Desenvolvimento da América Latina, da qual é possível participar gratuitamente por meio de um simples cadastro, que pode ser preenchido aqui.

Participe da discussão nas redes sociais usando a hashtag #Infraestructura2018.

TwitterFacebookGoogle plusLinkedInYoutubeRSSSuscribe