cerrar
cerrar

caf.com / notícias / ie business school organiza a viii edição do prêmio de jornalismo econômico ibero-americano, em parceria com o caf

notícias

TwitterFacebookGoogle plusLinkedInYoutubeRSSSuscribe
27 de setembro de 2018IE Business School organiza a VIII edição do Prêmio de Jornalismo Econômico Ibero-americano, em parceria com o CAF

A iniciativa visa a reconhecer os melhores trabalhos jornalísticos publicados ou divulgados por meios de comunicação (imprensa escrita, revistas, blogs, sites, emissoras de rádio ou televisão) na região da Ibero-América, a fim de promover a cultura econômica na sociedade. Em sua oitava edição, serão levadas especialmente em conta, embora não de forma exclusiva, obras cujos temas girem em torno da internacionalização das empresas latino-americanas ou de acordos de livre comércio intrarregionais ou da região com o exterior

comparteimg - Twitterimg - Facebookimg - GooglePlusimg - LinkedInimg - Whatsapp

O Prêmio de Jornalismo Econômico Ibero-americano é o único com essas características na região e, em suas sete edições anteriores, foram inscritos mais de 1.750 matérias de centenas de jornalistas e veículos de comunicação de referência. Além disso, pelo segundo ano consecutivo, será promovida uma categoria de premiação ao melhor veículo de comunicação editado fora das capitais (veículos de cobertura regional em cada país). O objetivo é destacar o papel da imprensa especializada atuante nas cidades do interior dos países.

A oitava edição do prêmio distribuirá um total de USD 8.000 aos melhores artigos jornalísticos da região. A inscrição de trabalhos poderá ser feita até o próximo dia 31 de dezembro. Consulte o regulamento completo do prêmio no site http://www.premioperiodismo.ie.edu/iberoamerica/bases/

 

Sucesso na VII Edição

Na última edição do prêmio, foram inscritos mais de 150 artigos, reportagens, entrevistas e outros formatos de textos informativos oriundos de mais de 50 veículos de comunicação e assinados por mais de 100 jornalistas econômicos da região.

No ano passado, o texto “ILab, semillero de oportunidades e innovación” foi premiado pelos jurados como Melhor Matéria na categoria Imprensa Diária. O trabalho de Mariana F. Maldonado, publicado no El Universal (México), foi reconhecido por disseminar socialmente o trabalho de um Centro de Empreendedorismo, cujo objetivo é promover a mobilidade social, um tema de grande importância regional.

A premiada como Melhor Matéria na categoria Imprensa Não Diária foi “Zonas de innovadores”, produzida por Andrés Almeida para a revista América Economía, pela análise que apresentou do ecossistema inovador em dez cidades da América Latina.

O VII Prêmio de Jornalismo Econômico também destacou o trabalho de três veículos de comunicação na promoção da cultura econômica e empreendedora na América Latina.

O jornal especializado El Economista (México) foi o vencedor na categoria de Melhor Veículo de Atividade Diária, por sua ampla cobertura de temas relacionados à economia e à inovação. Foi fundado na segunda metade da década de 1980, no início de um período muito intenso na vida econômica do México.

A revista Exame (Brasil) destacou-se como publicação não diária por seu trabalho na divulgação de informações de economia e no desenvolvimento da agenda empresarial brasileira. Criada em 1967 como um suplemento de outras revistas, a editora Abril tornou a Exame uma publicação independente em 1971. Sua versão on-line, o site exame.com, produz 65 mil matérias por ano e mais de mil vídeos, alcançando 14 milhões de usuários mensais

A publicação Infonegocios (Córdoba, Argentina) foi reconhecida por seu trabalho de informação econômica como o melhor meio de comunicação publicado fora de uma capital nacional. Fundado em julho de 2003, hoje em dia, é editado em Córdoba, Tucumán, Salta, Neuquén, Mar del Plata, Corrientes e Resistencia. A edição de Córdoba gera 3 mil artigos exclusivos por ano.

 

Júri de prestígio

O corpo de jurados da oitava edição do prêmio conta com executivos das instituições organizadoras da iniciativa, IE BUSINESS SCHOOL e CAF, bem como personalidades dos meios jornalístico e empresarial, como  Gabriela Frías, jornalista da CNN en Español; Carlos Jornet, diretor do La Voz del Interior, um dos veículos ganhadores em 2016; André Verissimo, subdiretor do Negócios (Portugal); Millán Berzosa, professor de Jornalismo Digital da UFV e responsável pelo Google News Lab España e Portugal; e Roberto Sapaq, diretor do Diario Financiero de Chile e outro ganhador de 2016.

A cerimônia de entrega dos prêmios será realizada em abril de 2019, na Casamerica, em Madri, na Espanha. Mais informações no site http://www.premioperiodismo.ie.edu/iberoamerica/bases/

TwitterFacebookGoogle plusLinkedInYoutubeRSSSuscribe