cerrar
cerrar

caf.com / notícias / o potencial dos recursos naturais e seu impacto na produtividade da américa latina

notícias

TwitterFacebookGoogle plusLinkedInYoutubeRSSSuscribe
18 de outubro de 2018O potencial dos recursos naturais e seu impacto na produtividade da América Latina
1img - O potencial dos recursos naturais e seu impacto na produtividade da América Latina

As oportunidades oferecidas pelas chamadas commodities na geração de vantagens competitivas serão um dos temas centrais da Conferência do CAF: Produtividade e Inovação para o Desenvolvimento, a ser realizada nos dias 7 e 8 de novembro, em Bogotá, na Colômbia, contando com a participação de mais de 50 líderes mundiais.  

comparteimg - Twitterimg - Facebookimg - GooglePlusimg - LinkedInimg - Whatsapp

Em um ambiente de implementação de incentivos, estratégias e políticas públicas apropriados, os recursos naturais podem ser precursores de inovação e integração produtiva e propulsores de variadas atividades de produção e conhecimento. A América Latina tem em sua imensa riqueza natural a oportunidade de direcionar esforços em favor de uma sofisticação industrial que eleva a produtividade como um todo, promovendo empregos e renda de maior qualidade para a população.

As condições cada vez mais exigentes de sustentabilidade que enfrenta o setor de commodities, como qualquer outro setor produtivo, definidas pela interação entre o regulatório, o tecnológico, o produtivo e o social, estão gerando novos desafios e, portanto, fazendo surgir novas soluções tecnológicas e inovadoras, que devem impactar toda a economia. Esse será um dos principais temas abordados na Conferência do CAF: Produtividade e Inovação para o Desenvolvimento, a ser realizada nos dias 7 e 8 de novembro, em Bogotá, na Colômbia.

“Promover a formação de clusters em torno dos recursos naturais pode constituir uma estratégia de desenvolvimento adequada e promissora, pois implica tirar proveito das vantagens comparativas existentes que podem, até mesmo, impulsionar a diversificação da pauta de exportações para além das matérias-primas. A geração de inovações específicas relacionadas às diferentes commodities estimularia a diversificação e a expansão das exportações e se tornaria um motor de crescimento regional e nacional”, explicou o presidente-executivo do CAF, Luis Carranza.

A discussão sobre a exploração dos recursos naturais deve ser direcionada para como aproveitar as oportunidades que oferecem e isso envolve entender a real dimensão das cadeias produtivas associadas e o potencial que elas têm na geração de maior valor agregado para toda a economia. O desafio para as instituições está na concepção e implementação de políticas públicas voltadas para toda a rede de empresas e atividades que envolvem a extração do recurso natural, incluindo, por exemplo, cadeias produtivas a montante, investimentos iniciais, estudos de viabilidade, desenvolvimento de projetos etc.

A série de estudos do Projeto “Inovação Tecnológica Latino-americana em Recursos Naturais” (CAF-CIEPLAN) demonstra a importância que os recursos naturais têm na mudança técnica com impacto em toda a economia. Na Argentina, tem sido registrado o surgimento de agrofornecedores altamente especializados em tecnologia (principalmente em biotecnologia e genética). No caso do Brasil, vale ressaltar a proliferação de fornecedores da Petrobras alinhados à política de conteúdo local estabelecida pelo país. A mineração do cobre é o setor tecnologicamente mais avançado do Chile, pois utiliza automação, controle remoto, robotização, GPS por satélite, exploração tridimensional, entre outros recursos.

Entre aqui para obter mais informações e cadastrar-se gratuitamentena Conferência, que também poderá ser acompanhada ao vivo na região e comentada pela hashtag #ProductividadCAF.

TwitterFacebookGoogle plusLinkedInYoutubeRSSSuscribe