ALC na COP

Agenda

*De acordo com o fuso horário

Somos jovens, somos uma solução | Uma nova agenda global para a ação climática intergeracional

O que significa colaborar entre gerações? Quais são os benefícios da colaboração intergeracional? Quais são os desafios a superar?

Neste evento, explicaremos como a nova agenda global de ação climática intergeracional pode reforçar as capacidades dos jovens para melhorar a sua defesa através do lançamento do Mecanismo de Cooperação Intergeracional para a implementação da Agenda Global de Ação Climática".

 

Participantes:

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva do CAF – banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe.

- Gloria Ayuso, Diretora de comunicações da COP28, ECODES

- Víctor Viñuales, Diretor da Fundação Ecologia e Desenvolvimento (ECODES)

- Jhoanna Cifuentes, Diretora executiva da Climalab e coordenadora geral do RCOY LATAM 2023

- Max Trejo Cervantes, Secretário-geral da Organização Internacional da Juventude para a Ibero-América (OIJ)

- María Moreno, Executiva sênior de Ação Climática e Biodiversidade Positiva do CAF – banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe.

- Benjamin Carvajal, Presidente da Uno.Cinco e Coordenador Geral da RCOY LATAM 2023

- Julio Cordano (TBC), Chefe da Divisão de Meio Ambiente, Mudanças Climáticas e Oceanos do Ministério das Relações Exteriores do Chile

- Ramiro Fernández, Diretor de Campanhas, Equipe dos Campeões do Clima

- Monica Monsalve, jornalista da América Futura

Lançamento do livro “Ninguém se salva sozinho” Sonhos em ação a partir da exortação Laudate Deum do Papa Francisco

Depois da sua célebre Encíclica Laudato Si, o Papa publicou recentemente a Exortação Apostólica Laudate Deum, que reforça a necessidade de compreender a crise climática e a crise social como parte do mesmo desafio do desenvolvimento humano integral, contra o qual devemos agir com urgência, criatividade e coragem.

Neste espaço será realizada uma discussão sobre o livro “Ninguém se salva sozinho: sonhos em ação a partir da exortação Laudate Deum do Papa Francisco”.

Participantes:

- Gustavo Beliz, Membro da Pontifícia Academia de Ciências Sociais.

- Jeffrey Sachs, Diretor do Centro para Desenvolvimento Sustentável, Universidade de Columbia. Presidente da Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da ONU.

- Vera Songwe, Fundadora e Presidente do Mecanismo de Liquidez e Sustentabilidade. Co-presidente do Grupo Independente de Especialistas de Alto Nível sobre Financiamento para Ação Climática e membro sênior da Brookings Institution.

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva, CAF.

Apresentação do Relatório de Economia e Desenvolvimento "Desafios Globais, Soluções Regionais".

Este Relatório de Economia e Desenvolvimento analisa os desafios e as oportunidades que as mudanças climáticas e a conservação da biodiversidade implicam para a América Latina e o Caribe. Ele enfatiza três mensagens de relevância para a região: a importância da adaptação, a necessidade de contribuir para a mitigação global e a urgência de preservar o capital natural para o desenvolvimento sustentável.

Somos o Caribe, somos uma solução | ecossistema caribenho, economia azul e inovação financeira

Neste evento iremos reflectir sobre o papel das Caraíbas como local de acolhimento da biodiversidade marinha a nível global, e a sua elevada vulnerabilidade ambiental, social e económica às alterações climáticas. Da mesma forma, analisar as perspetivas da economia azul sustentável como motor de desenvolvimento que permite alcançar os objetivos de desenvolvimento sustentável da região e aumentar o seu ecossistema e a resiliência climática.

Participantes:

- Sergio Díaz-Granados, presidente executivo do CAF -banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe-

- Edmund Bartlett, Ministro do Turismo, Jamaica

- Peter Thompson, Enviado Especial da ONU para os Oceanos

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva CAF

- Cynthia Barzuna, Diretora da Ocean Action 2030

- Elizabeth Taylor Jay, Vice-Ministra de Assuntos Multilaterais do Ministério das Relações Exteriores da Colômbia

- Michelle Scobie, Palestra Sênior UWI, Instituto de Relações Internacionais

- Elizabeth McLeod, Diretora Global do Oceano, The Nature Conservancy (TBC)

- Carlos Correa, membro sênior da Conservation International e ex-ministro do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Colômbia

Somos biodivercidades, somos uma solução | A Rede de Cidades Biodiversas na Nova Diplomacia

Este evento será um espaço de diálogo global sobre a relevância que o modelo de Biodivercidades pode oferecer para um novo paradigma de desenvolvimento alinhado com os compromissos internacionais em matéria de desenvolvimento urbano sustentável e ambiental.

Participantes:

- Christian Asinelli, Vice-Presidente Corporativo de Programação Estratégica da CAF

- Jader Filho, Ministro das Cidades Brasil

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva do CAF

- Ana Lucía Reis, prefeita de Cobija, Bolívia.

- Juan Carlos Orellana, prefeito de Aguarico, Equador.

- Wagner Rodrigues Barros, prefeito de Araguaína, Brasil.

- Ángel Cárdenas Sosa, gerente de Desenvolvimento Urbano, Água e Economias Criativas do CAF

- Elkin Velázquez, representante para a América Latina do Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU Habitat)

- Christel Bourbon-Séclet, Diretora do Programa Financeiro C40 Cities

- Jaime Pumarejo, prefeito de Barranquilla Colômbia.

Somos Paramos, somos uma solução | Diálogo

Os paramos são ecossistemas de alta montanha na região norte dos Andes, caracterizados pela sua elevada biodiversidade e endemismo, mas também pela sua fragilidade ecológica. Eles estão localizados entre o limite superior da floresta e das geleiras das montanhas, em altitudes de aproximadamente 3.500 a 5.000 metros acima do nível do mar. Apesar de remotos e com pouca atividade humana, os paramos desempenham um papel crucial no fornecimento de água para uma população de aproximadamente 85 milhões de habitantes em cidades como Bogotá, Quito e Cuenca, além de serem utilizados para agricultura e pecuária. Esses ecossistemas cobrem uma extensa área de mais de 2,5 milhões de quilômetros quadrados nos Andes Tropicais.

Esta sessão consistirá num diálogo entre dois profissionais de instituições de conservação líderes e especialistas no ecossistema paramo.

Participantes:

- Maria Ines Rivadeneira, Gerente de Política e Governança WWF Equador (moderadora)

- Natalia Acero, Diretora de Água e Cidades, Conservation International (oradora principal)

- Fabio Arjona, Diretor Executivo, Conservação Internacional

- Carolina Useche, Gerente de Ação Climática (WRI)

- Santiago Sandoval, Secretário de Meio Ambiente do Município de Quito - Equador

Somos a energia limpa, somos uma solução

Contribuir para a cadeia de valor da transição energética justa (minerais críticos, hidrogénio verde, indústria da mobilidade elétrica, conhecimento de gestão renovável).

Forneceremos diversos espaços de discussão e análise sobre o conhecimento, as tendências e o estado da arte em questões energéticas, incluindo aspectos de transição e, principalmente, a contribuição que a região da América Latina e Caribe pode oferecer no âmbito de soluções para o problema …desafio das alterações climáticas.

Participantes:

- Sergio Díaz-Granados, presidente executivo, CAF, banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe

- Teresa Ribera, terceira vice-presidente do Governo de Espanha. Ministro da Transição Ecológica e Desafio Demográfico

- Dr. Fatih Birol, Diretor Executivo da Agência Internacional de Energia (AIE)

- Tomás González, diretor, Centro Regional de Estudos Energéticos

- Lucas Ferraz, Secretário de Negócios Internacionais do Estado de São Paulo Mónica Contreras Esper, Presidente TGI – Grupo Energía Bogotá

- Cristian Asinelli, vice-presidente corporativo de programação estratégica

- Mónica Araya, Diretora Executiva do Portfólio Internacional, European Climate Foundation

- Ramón Méndez–Galain, diretor executivo, Ivy Foundation.

- Claudio Maggi, Gerente de Assuntos Estratégicos da CORFO

- Gonzalo Sáenz de Miera, grupo espanhol para o Crescimento Verde (GECV)

CAF Talk | Ivan Duque

O evento terá um formato de palco ignite, no qual ele terá vinte minutos para dar a sua visão sobre a América Latina e as Caraíbas como uma Região de Soluções, abordando temas como a energia limpa, a redução do risco de catástrofes e as charnecas como um ecossistema estratégico. Nos próximos dias, partilharemos convosco a nota concetual do evento e o calendário previsto

Apresentação do Relatório de Economia e Desenvolvimento "Desafios Globais, Soluções Regionais".

Este Relatório de Economia e Desenvolvimento analisa os desafios e as oportunidades que as mudanças climáticas e a conservação da biodiversidade implicam para a América Latina e o Caribe. Ele enfatiza três mensagens de relevância para a região: a importância da adaptação, a necessidade de contribuir para a mitigação global e a urgência de preservar o capital natural para o desenvolvimento sustentável.

Somos resiliência, somos uma solução | Ecossistemas resilientes, inovação financeira no contexto do gerenciamento de riscos e perdas e danos

Este será um espaço de reflexão, discussão e análise sobre conhecimentos, tendências e estado da arte em adaptação, gestão de riscos de desastres e resiliência na região da América Latina e do Caribe, incluindo soluções que podem ser implementadas no âmbito de novas estratégias. o desafio das alterações climáticas.

Participantes:

- Sergio Díaz-Granados, Presidente Executivo da CAF

- Marina Silva, Ministra do Meio Ambiente do Brasil (TBC)

- Luis Olmedo Martinez Zamora, Diretor Geral de Parques Nacionais da Colômbia

- Cecilia Nicolini, Secretária de Mudanças Climáticas, Desenvolvimento Sustentável e Inovação da Argentina

- Mami Mizutori, representante especial do Secretário-Geral das Nações Unidas e Chefe do Escritório das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres

- José Manuel Salazar, Secretário Geral da CEPAL.

- Ángel Cárdenas, gerente de Desenvolvimento Urbano, Água e Economias Criativas do CAF

- Karina Barrera, membro do Comitê de Adaptação da UNFCCC que representa os países não incluídos no Anexo I

- Angela Rivera, assessora do Ministério do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Colômbia

- Jason Spensley, Especialista Sênior em Mudanças Climáticas – Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF)

- Pilar Garrido, Diretora da Direção de Cooperação para o Desenvolvimento da OCDE

- Lucas Di Pietro, Vice-presidente do Conselho do Fundo de Adaptação

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva do CAF

Somos Patagónia, somos uma solução | Diálogo

A Patagônia Argentina e Chilena compreende duas ecorregiões: a estepe e as florestas patagônicas. A estepe é uma zona fria e extremamente seca, com vegetação arbustiva baixa e em forma de almofada, que se encontra em grave perigo de conservação devido à diminuição da sua extensão, provocada inicialmente pelos incêndios pecuários. Por outro lado, as florestas patagônicas estão localizadas em regiões montanhosas do sul do Chile e sudoeste da Argentina, caracterizadas por um clima úmido e frio devido à influência das massas de ar úmido do Pacífico que perdem umidade ao cruzar a Cordilheira dos Andes. Este ecossistema abriga uma elevada biodiversidade com 84 espécies de mamíferos nativos, mas enfrenta sérios problemas devido à introdução de espécies que afectam as comunidades vegetais, muitas das quais são endémicas.

Esta sessão consistirá num diálogo entre dois ministros de países do ecossistema patagônico: Argentina e Chile. O diálogo será seguido de uma conversa com especialistas

Participantes:

- Joel Watson, Vice-presidente Sênior do Programa de Conservação Global da Wildlife Conservation Society (WCS) (orador principal)

- Carmen Virasoro, Diretora de Soluções Agroclimáticas

- Christopher Jordan, Diretor da Rewild América Latina

- Eduardo Sorensen, fotógrafo subaquático, Chile

Somos a agricultura sustentável e a segurança alimentar, somos uma solução | Produtividade, sustentabilidade e alimentação para todos: desafios para o financiamento na ALC - PARTE1

- Sergio Díaz-Granados, presidente executivo do CAF -banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva CAF -banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe

-Sra. Cindy H. McCain, Diretora Executiva, Programa Mundial de Alimentos

- Jhenifer Mojica, Ministra da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Colômbia

- Mensagem de Rattan Lal* (a confirmar). Prêmio Mundial da Alimentação (2020) e Prêmio Nobel da Paz (IPCC, 2007)

- Manuel Pulgar-Vidal, Ex-Ministro do Meio Ambiente do Peru e Presidente COP.14 em Lima

- Manuel Otero, Diretor Geral do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura

- Angela Maria Penagos Concha, Presidente do Fundo de Financiamento do Sector Agrícola (FINAGRO)

- María Helena Semedo (TBC), Diretora Geral Adjunta da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação – FAO

- Ministra Jhenifer Mojica, Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural da Colômbia

- Jeffrey Sachs, Diretor do Centro para Desenvolvimento Sustentável, Universidade de Columbia. Presidente da Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da ONU.

- Vanusia Nogueira, Diretora Executiva da Organização Internacional do Café (OIC).

- Juan Esteban Orduz Fórum Mundial de Produtores de Café.

Somos povos indígenas, somos uma solução | Agentes de mudança: um olhar sobre as soluções baseadas na natureza a partir do conhecimento ancestral coletivo

Este evento visa facilitar um diálogo aberto com representantes das comunidades indígenas da América Latina e do Caribe para tornar visível a sua enorme relevância na luta contra as mudanças climáticas e na preservação dos ecossistemas, abordando a sua visão de soluções baseadas na natureza. Neste diálogo, espera-se a troca de opiniões que permitirá avançar e divulgar soluções conjuntas para o problema global das alterações climáticas.

Participantes:

- Sergio Díaz-Granados, presidente executivo, CAF, banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe

- Gunnawia Matilde Chaparro Izquierdo, assessora do Arhuaco Cabildo (Colômbia)

- Darío Mejía Montalvo, presidente do Fórum Permanente das Nações Unidas sobre Assuntos Indígenas

- Danilo Villafañe, governador do Povo Arhuaco (Colômbia)

- Tania Vera, líder do povo Guarani (Paraguai)

- Jesús Amadeo Martínez Guzmán, Coordenador Geral do Fórum Indígena Abya Yala – FIAY e assessor sênior da CICA

- Hélcio Souza, The Nature Conservancy

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva, CAF

Somos a agricultura sustentável e a segurança alimentar, somos uma solução

- Sergio Díaz-Granados, presidente executivo do CAF -banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva CAF -banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe

-Sra. Cindy H. McCain, Diretora Executiva, Programa Mundial de Alimentos

- Jhenifer Mojica, Ministra da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Colômbia

- Mensagem de Rattan Lal* (a confirmar). Prêmio Mundial da Alimentação (2020) e Prêmio Nobel da Paz (IPCC, 2007)

- Manuel Pulgar-Vidal, Ex-Ministro do Meio Ambiente do Peru e Presidente COP.14 em Lima

- Manuel Otero, Diretor Geral do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura

- Angela Maria Penagos Concha, Presidente do Fundo de Financiamento do Sector Agrícola (FINAGRO)

- María Helena Semedo (TBC), Diretora Geral Adjunta da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação – FAO

- Ministra Jhenifer Mojica, Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural da Colômbia

- Jeffrey Sachs, Diretor do Centro para Desenvolvimento Sustentável, Universidade de Columbia. Presidente da Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da ONU.

- Vanusia Nogueira, Diretora Executiva da Organização Internacional do Café (OIC).

- Juan Esteban Orduz Fórum Mundial de Produtores de Café.

Evento do MIT | Coalizão para o Chocó Biogeográfico

O evento busca facilitar a aproximação entre governos, sociedade civil, academia e bancos multilaterais para compreender os problemas socioambientais do Chocó Biogeográfico com o objetivo de promover a cooperação conjunta e mecanismos de articulação transnacional.

Somos Floresta de Tumbes, Chocó e Magdalena, somos solução | Painel

Na bacia do rio Magdalena, que abrange 250 mil km², existem 233 espécies de peixes, com 76% de endemismo. Esta bacia é vital para a regulação da água e mais de 80% do PIB da Colômbia depende da sua produtividade. No entanto, 78% da bacia enfrenta erosão crítica e problemas como a desflorestação, a poluição proveniente da mineração ilegal e outros factores ambientais, o que reduziu significativamente a pesca nos últimos 40 anos. Esta situação afecta os 30 milhões de pessoas que vivem neste ecossistema estratégico.

Esta sessão consistirá num breve painel que contará com a presença de três personalidades de referência na conservação destes ecossistemas.

Participantes:

- Frank Rijsberman, Diretor Geral, Global Green Growth Institute, Coreia

- Elizabeth Gray, CEO, Audubon

- Diego Saez Gil, CEO, Pachama, Estados Unidos da América

- Anna Stewart, Diretora Executiva, Instituto Interamericano de Pesquisa sobre Mudanças Globais (IAI) Uruguai

PARAGUAI: Capital Verde para o Mundo

O evento apresentará e divulgará iniciativas nacionais e projeções de curto e médio prazo para transporte e energia sustentáveis e resilientes, além de estabelecer vínculos de colaboração interinstitucional em nível nacional e internacional.

Mudanças climáticas, deslocamento e migração: El Darien

O objetivo da atividade é apresentar as principais ações que a CAF está desenvolvendo para mitigar o impacto das Mudanças Climáticas nas cidades da América Latina e do Caribe e fortalecer sua capacidade de receber migrantes, por meio de projetos-chave de infraestrutura urbana, social e educacional, no âmbito da Rede de Biodiversidades criada no final de 2011 com o objetivo de incorporar a biodiversidade no planejamento e gestão urbana.

Além disso, busca aumentar a conscientização sobre a crise migratória multicausal que a região está enfrentando, com foco na crise humanitária que está ocorrendo no Darién, e destacar a importância de proporcionar inclusão ao longo da rota migratória para desencorajar os migrantes a atravessar o Darién.

ARGENTINA | REDLASEIA

Serão apresentadas as diretrizes para a integração da mudança climática na avaliação ambiental de projetos de investimento da Rede Latino-Americana de Sistemas de Avaliação de Impacto Ambiental (REDLASEIA), para garantir a capacidade dos projetos de lidar com possíveis impactos climáticos e promover maior resiliência e sustentabilidade em todos os estágios de seu desenvolvimento.

Economia azul

O objetivo deste evento é criar sinergias para alcançar uma abordagem regional multissetorial que permita ações conjuntas para uma economia azul sustentável na América Latina e no Caribe, incluindo o foco nas comunidades étnicas. Da mesma forma, conheça as experiências do Chile e do México sobre a abordagem adotada e os avanços alcançados no desenvolvimento de um Plano Oceânico Sustentável em seus respectivos contextos.

Participantes:

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva do CAF

- Peter Thomson, Enviado Especial da ONU para os Oceanos

- Carlos Alvarado Quesada, ex-presidente da República da Costa Rica

- Alicia Bárcena, Secretária de Relações Exteriores do México (TBC)

- Julio Cordano, diretor de Meio Ambiente, Mudanças Climáticas e Oceanos, Ministério das Relações Exteriores do Chile.

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva CAF

- Cynthia Barzuna, Diretora da Ocean Action 2030

- Ignace Beguin Billecocq, Equipe de Campeões do Clima - Líder de Zonas Oceânicas e Costeiras e Chefe Interino da Natureza

- Lars Roth, Diretor do Fundo de Defesa Ambiental de Parcerias Governamentais (EDF)

- Gunnawia Matilde Chaparro, líder indígena, Organização Arhuaca, Colômbia

Somos a Mata Atlântica, somos solução | CAF Talk

A Mata Atlântica é a segunda maior formação florestal de toda a região Neotropical, depois da Floresta Amazônica. Cobriu originalmente uma área de 130 milhões de hectares distribuídos entre Brasil, Paraguai e Argentina, dos quais pouco menos de 10% são conservados. No século XX, o desmatamento reduziu a Mata Atlântica a fragmentos dispersos e isolados, tornando-a, segundo a UNESCO, até hoje um dos biomas mais ameaçados do mundo.

Esta sessão consistirá em uma intervenção no formato CAF Talk, na qual o palestrante deverá apresentar brevemente (15 minutos) os principais esforços que estão sendo realizados na Argentina para conservar a floresta paranaense.

Participantes:

- Gervasio Malagrida, Ministro de Mudanças Climáticas da província de Misiones, Argentina.

- Alexis Leroy, fundador e CEO do Grupo ALLCOT

- Frineia Rezende, Diretora Executiva da TNC

- Manuel Frávega, Sócio, Direito Ambiental e Mudanças Climáticas, Beccar Varela

Somos a segurança hídrica, somos a solução | Soluções baseadas na natureza (NBS) para a segurança hídrica nas cidades.

Apresentaremos algumas experiências sobre a aplicação de NbS em projectos ligados à Segurança Hídrica e como estas podem ser combinadas como parte da infra-estrutura tradicional (cinzenta), fornecendo soluções adequadas, abrangentes, eficientes e amigas do ambiente, que por sua vez têm a vantagem de melhorar os ambientes urbanos onde são implementados.

Participantes

- Ángel Cárdenas, Gerente de Desenvolvimento Urbano, Água e Economias Criativas, Banco de Desenvolvimento da América Latina e do Caribe, CAF
- Frineia Rezende da Silva – Diretora Nacional do Brasil, The Nature Conservancy (TNC)

- Anna Dupont – Analista Sênior de Políticas, OCDE
- Ivo Ferreira Gomes - Prefeitura de Sobral, Brasil
- António Ventura - Vice-Presidente do Conselho de Administração, Águas de Portugal Internacional
- Dahlia Sabri - Membro do Conselho, Associação Internacional de Recursos Hídricos (IWRA)
- Sachin Bhoite - Diretor de Resiliência Climática, C40

Apresentação do Relatório de Economia e Desenvolvimento "Desafios Globais, Soluções Regionais".

Este Relatório de Economia e Desenvolvimento analisa os desafios e as oportunidades que as mudanças climáticas e a conservação da biodiversidade implicam para a América Latina e o Caribe. Ele enfatiza três mensagens de relevância para a região: a importância da adaptação, a necessidade de contribuir para a mitigação global e a urgência de preservar o capital natural para o desenvolvimento sustentável.

Somos a inclusão, somos a solução|Vulnerabilidade às mudanças climáticas como fator de resiliência: a perspectiva das pessoas com deficiência.

O objetivo deste evento é explorar os desafios e oportunidades que a ação climática apresenta para as pessoas com deficiência, na redução dos efeitos negativos das alterações climáticas nas pessoas e grupos sociais mais vulneráveis, assegurando ao mesmo tempo que os benefícios e custos da ação climática são distribuídos equitativamente.

Participantes

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva, CAF

- Javier Güemes, Diretor de Relações Internacionais, Grupo Social ONCE

- Elham Youssefian, Aliança Internacional para Deficientes (TBC)

- Benjamin Schachter, Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (TBC)

- Natalia Guala Beathyate, Diretora Técnica de Relações Internacionais ONCE Social Group

Somos a Amazónia, somos uma solução | CAF Talk

A Amazônia gera entre 16% a 20% da água doce do planeta, contém 25% da biodiversidade terrestre, mais espécies de peixes do que qualquer outro sistema fluvial, 6.000 espécies de animais e pelo menos 40.000 espécies de plantas. No entanto, o bioma está desaparecendo. O sintoma mais evidente é o desmatamento acelerado causado principalmente pelo avanço da fronteira agrícola no sudeste do Brasil. Porém, os diversos ecossistemas terrestres e aquáticos estão sendo afetados em todos os países que compartilham o bioma. A intensificação das mudanças climáticas, por sua vez, tem impacto na perda acumulada de florestas e a diminuição da sua resiliência alteraria o ciclo da água e geraria mudanças irreversíveis no funcionamento da Amazônia.

Esta sessão consistirá em uma intervenção no formato CAF Talk, na qual o painelista será solicitado a nos contar brevemente (15 minutos) sobre sua experiência de financiamento de projetos de conservação no Brasil, especialmente na Amazônia.

Participantes:

- Javier Peña, CEO Hope (moderador)

- Eleonora Betancourt, Diretora da Agência Presidencial de Cooperação Internacional da Colômbia, APC Colômbia

- Karina Pinasco, Coordenadora do SDSN, Amazônia, Peru

- Belén Paez, Diretora Executiva, Fundação Pachamama, Equador

- Domingo Peas, Coordenador Territorial, Iniciativa Bacias Sagradas, Equador

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva, CAF -banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe-

Somos a inovação, somos a solução|Mercado de ativos ambientais

O objetivo deste evento paralelo é identificar as lacunas e analisar as oportunidades representadas pela implementação de mercados de ativos ambientais na ALC, a partir da experiência e lições aprendidas com os mercados de carbono, em seu planejamento, regulação, operação e supervisão. Para tanto, será apresentado o novo roteiro do CAF sobre o assunto, focado em garantir sua integridade, institucionalidade, transparência e impacto. Da mesma forma, será apresentado o primeiro resultado dessa estratégia: o Policy Brief Mercados Voluntários de Carbono de Alta Integridade no Sul Global: Opções para formuladores de políticas na América Latina e no Caribe, elaborado pelo CAF em aliança com ICVCM, VCMI e IIF.

Participantes:

- Alicia Montalvo Santamaría, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva, CAF

- Alex Saer, CEO da Cercarbono

- Katie Sullivan, Diretora Geral da Associação Internacional de Comércio de Emissões, IETA

- Valérie-Noëlle Kodjo Diop, Diretora de Inovação e Desenvolvimento Sustentável Banco de Desenvolvimento da África Ocidental, BOAD

- Ignacio Lorenzo Arana, Diretor de Assessoria Técnica em Biodiversidade e Clima, CAF

- Jeremy McDaniels, Diretor Adjunto, Finanças Sustentáveis, Instituto de Finanças Internacionais, IIF

- Daniel Ortega Pacheco, copresidente do painel de especialistas, Conselho de Integridade para Mercados Voluntários de Carbono, IC-VCM

- Ana Carolina Szklo Diretora Técnica – Mercados e Padrões, The Voluntary Carbon Market Integrity Initiative, VCMI

Somos finanças verdes, somos solução|Fundos verdes como catalisadores de mudanças transformadoras na América Latina e no Caribe.

Este evento será um diálogo aberto com instituições financeiras internacionais, fundos de investimento e fundos verdes para destacar o seu papel na América Latina e no Caribe e analisar o impacto das suas necessidades na região. O diálogo centrar-se-á nas oportunidades de expansão dos recursos e na colaboração entre fundos e entidades regionais.

Participantes:

- Alicia Montalvo, Ação Climática e Biodiversidade Positiva, Gerente, CAF

- Diego Mesa, Vice-Chefe da Divisão de Política Climática, FMI

- Paula Ellinger (TBC) Diretora de Ação Climática da Fundación Avina

- Pascal Martinez, Especialista Ambiental Sênior do Global Environment Facility

- Manuel Otero, Diretor Executivo, Instituto Interamericano de Cooperação na Agricultura

- Parceria Maria Gabriela Garcia, Cooperação Internacional e Financiamento Externo (CABEI)

- Hector Morales, Diretor Geral, Presidente América Latina, Macquarie Capital

- Hector Morales Diretor Geral, Presidente América Latina, Macquarie Capital

- Diego Mesa Vice-Chefe da Divisão de Política Climática, IM

VENEZUELA| Avanço das instituições climáticas na Venezuela

Esse evento analisará os desafios e as oportunidades no desenvolvimento de instituições climáticas. Seu objetivo é promover as políticas climáticas desenvolvidas no país para enfrentar a crise climática.

 
MÉXICO: Iniciativa "Plan Sonora

Durante o evento, o "Plano de Energia Sustentável de Sonora" será apresentado à comunidade global. Essa iniciativa representa a dedicação do governo mexicano em estabelecer um ecossistema sustentável, promovendo o crescimento de setores estratégicos, como eletromobilidade, automação e semicondutores.

Dia livre de atividades

Somos Manguezais e Zonas Úmidas, somos uma solução | CAF Talk

Os manguezais são ecossistemas marinho-costeiros altamente produtivos que sustentam a cadeia alimentar estuarina e desempenham um papel fundamental na vida de aproximadamente 70% dos organismos marinhos. Estas florestas fornecem serviços ecossistémicos no valor de pelo menos 1,6 mil milhões de dólares anuais e sustentam as comunidades costeiras. Na América Latina e no Caribe, a maioria dos manguezais possui alguma forma de proteção, representando 72% da área de mangue na América do Sul. Isto excede a percentagem global de áreas protegidas de manguezais, que é de 42%.

Esta sessão consistirá numa intervenção no formato CAF Talk, na qual o painelista será convidado a explicar brevemente (15 minutos) os principais desafios e oportunidades para o desenvolvimento de projetos de conservação deste ecossistema e falar-nos sobre o Global Mangrove. Aliança.

Participantes:

-Alícia Montalvo. Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva do CAF -banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe-

- Enric Salas, Diretor do Programa Mares Pristinos, National Geographic

- Carlos Eduardo Correa, Embaixador “The Mangrove Breakthrough” e ex-Ministro do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Colômbia

- Ignacio Lorenzo, Diretor de Assessoria Técnica em Biodiversidade e Clima, CAF -banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe-

- CEO do Grupo Ousmane Fall Sarr, Empresa Africana de Resiliência, SUARL Holding

- Alex Saer, CEO da Cercarbono; Especialista em Mudanças Climáticas e Economia Circular

- Ignacia de la Rosa, líder comunitária do projeto Vida Manglar, Colômbia

- Eric Schwaab, vice-presidente sênior, Fundo de Defesa Ambiental de Pessoas e Natureza

Manguezais: uma oportunidade para impulsionar a economia azul

O objetivo do evento é criar um espaço de diálogo para refletir sobre a importância do ecossistema manguezal para a manutenção da biodiversidade global, mitigação das mudanças climáticas, segurança alimentar, resiliência das comunidades costeiras e economia azul. Da mesma forma, conhecer experiências, perspectivas e tendências sobre projetos de Carbono Azul, como uma oportunidade para conservar e restaurar os ecossistemas de manguezais com a participação das comunidades costeiras.

BRASIL, COLÔMBIA e MÉXICO | "Instrumentos-chave para uma transição justa na América Latina WRI

Neste evento, discutiremos os desafios e as tendências em instrumentos regulatórios, financeiros, fiscais e políticos para aumentar o investimento em ações climáticas na América Latina e impulsionar a transição para um modelo de desenvolvimento equitativo, de baixo carbono e resiliente.

COSTA RICA: Iniciativa sobre paisagens agrícolas sustentáveis

A Costa Rica tem a produção agrícola per capita mais robusta da América Latina, sua produção agrícola tem emissões líquidas zero e é produzida livre de desmatamento, agora o país está se preparando para produzir livre de agroquímicos. Nesse evento, será apresentado o progresso do projeto Agro-paisagens Sustentáveis.

Ocean conservancy

Esse evento paralelo, convocado pela CAF e pela Ocean Conservancy, reunirá representantes de bancos multilaterais, governos, setor e sociedade civil para discutir a necessidade de mecanismos de financiamento concessionais para promover a implantação da energia eólica offshore para atingir as metas climáticas e de conservação.

Somos o Corredor Biológico Mesoamericano, somos uma solução | CAF Talk

O Corredor Biológico Mesoamericano (MBC) é uma região que conecta áreas naturais de Belize, Guatemala, El Salvador, Honduras, Nicarágua, Costa Rica, Panamá e alguns estados do sul do México. A área funciona como uma ponte terrestre natural da América do Sul para a América do Norte, o que é importante para as espécies que utilizam a ponte na migração. Devido aos extensos tipos de habitats únicos, a Mesoamérica contém entre 7 e 10% das espécies terrestres do mundo. Para cuidar deste Património Natural, devemos trabalhar com as populações locais para que aproveitem de forma sustentável os serviços ecossistémicos oferecidos por este ecossistema estratégico.

Esta sessão consistirá numa intervenção no formato CAF Talk, na qual o painelista será solicitado a nos contar brevemente (15 minutos) sobre as experiências do fundo Heifer Impact Capital nos países do Corredor Biológico Mesoamericano.

Participantes:

- Jorge Barrigh, Diretor Regional, Impact Capital Américas, Heifer Impact Capital

- Christopher Jordan, Diretor para a América Latina, Re:Wild

- Edwin Castellanos, Diretor de Ciência, Instituto Interamericano de Pesquisa sobre Mudanças Climáticas

- Jeremy Radachowsky, Diretor Regional Mesoamérica e Caribe, WCS

- Jessica Jacobs, CEO, Sureco and Partners (TBC)

BOLIVIA | Florestas

 
MÉXICO | Fundo de Adaptação da CELAC

Serão apresentados o escopo e a operação desse Fundo na América Latina e no Caribe, que também reconhece como diretrizes integrais o Marco de Ação de Hyogo 2005-2015: Construindo a Resiliência das Nações e Comunidades aos Desastres, juntamente com o Marco de Sendai para a Redução do Risco de Desastres 2015-2030, adotado na Terceira Conferência Mundial das Nações Unidas sobre Redução do Risco de Desastres, em 18 de março de 2015.

BOLÍVIA | Progresso dos programas ASL e alinhamento estratégico da Bolívia à estrutura de Biodiversidade Global

VENEZUELA | Empoderamento climático em ação: Brigadas de jovens contra a crise climática

Esse evento busca tornar visível o empoderamento climático da juventude venezuelana e a política das Brigadas Jovens contra a Crise Climática na Venezuela.

 
BRASIL | Programa de Cooperação Internacional “Quilombos das Américas

Neste evento será anunciado o programa de cooperação e os países da América Latina e do Caribe serão incentivados a aderir. O objetivo do programa é promover a igualdade racial e a justiça ambiental e climática, bem como aumentar o acesso aos direitos territoriais das comunidades afrodescendentes nas Américas, com o objetivo de construir uma rede de cooperação interinstitucional e promover projetos de cooperação internacional em a região.

Somos a Corrente de Humboldte, somos uma solução | CAF Talk

A zona de ressurgência da Corrente de Humboldt é um dos ambientes marinhos mais ricos do planeta e é a razão pela qual o Peru e o Chile estão entre os dez principais países produtores de pesca a nível mundial. Este ecossistema fornece mais de 20% da captura de peixes e sustenta mais de 1.000 espécies. Dada a elevada produtividade biológica e a sua localização costeira, existe uma elevada intervenção humana nesta região devido à pesca industrial e artesanal, à actividade petrolífera e ao elevado desenvolvimento dos centros populacionais próximos da costa.

Esta sessão consistirá em uma intervenção no formato CAF Talk, na qual o painelista será solicitado a explicar brevemente (15 minutos) sua experiência de trabalho em projetos de restauração ecológica em ilhas nas costas do Chile, Peru e Equador.

Participantes:

- Max Bello, consultor de políticas, Mission Blue

- Sylvia Earl, Exploradora Residência Nacional

- José Julio Casas, Secretário Pro Tempore da CMAR

- Daniel Saldias, Diretor de Economia Circular, Midas Chile

- Representante da CAF, Projeto CAF-GEF em Galápagos

Rumo a uma estratégia regional inteligente de resiliência climática

A América Latina e o Caribe (ALC) estão entre as regiões mais expostas do mundo a ameaças de origem natural, incluindo aquelas desencadeadas e causadas por variáveis ​​climáticas, que, somadas às condições estruturais de vulnerabilidade, dão origem a um panorama complexo de riscos de desastres . A frequência e intensidade dos desastres relacionados com o clima aumentaram significativamente nas últimas quatro décadas, aumentando a urgência de tomar medidas eficazes de redução de riscos, complementadas por processos para reforçar a capacidade de resposta aos desastres, mantendo também uma perspectiva de adaptação progressiva às alterações climáticas .
 
O CAF -banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe- é a instituição ideal para liderar esses esforços e enfrentar esses desafios críticos.
 
Esta sessão consistirá em um debate liderado por Alicia Montalvo, gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva do CAF, com um decisor político, um representante do setor financeiro privado e um membro da equipe de consultoria que trabalha na estratégia regional do CAF.

Conceber modelos de financiamento de elevado impacto para o clima e a natureza

O objetivo do evento é desenvolver capacidades sobre os conceitos de transição justa e empregos verdes, decentes e de qualidade, fomentar a colaboração para trabalhar em conjunto para uma transição justa na região e partilhar boas práticas e políticas para promover a articulação multissectorial na região.

 
YOUNGO Transição justa intergeracional na América Latina: onde estamos e onde podemos chegar

O objetivo do evento é capacitar os conceitos de transição justa e empregos verdes, decentes e de qualidade, fomentar a colaboração para trabalhar com os jovens em prol de uma transição justa na região e promover a articulação multissetorial para a transformação verde do mundo do trabalho.

Somos a Gran Chaco y Pantanal, somos uma solução | CAF Talk

O Gran Chaco, uma extensa floresta tropical seca que abrange Bolívia, Paraguai, Brasil e Argentina, é um dos ecossistemas mais diversos da região. É o lar de uma abundante variedade de espécies vegetais e animais, muitas das quais são endêmicas e ameaçadas de extinção. Também fornece serviços ecossistémicos cruciais, como a regulação climática, a purificação da água e o sequestro de carbono na sua biomassa e nos solos, tornando-se uma reserva vital de carbono. Este ecossistema também é fundamental para as comunidades indígenas cujas culturas e modos de vida estão intrinsecamente ligados à biodiversidade do Chaco.

O Pantanal, a maior área úmida de água doce do planeta, abrange o Brasil, a Bolívia e o Paraguai. É o lar de uma surpreendente diversidade de espécies vegetais e animais, incluindo algumas em perigo de extinção, como a onça-pintada. O Pantanal desempenha um papel crucial na regulação do fluxo de água, na purificação da água, na regulação do clima e na proteção contra inundações, tornando-o um amortecedor natural contra eventos climáticos extremos e um habitat essencial para aves migratórias e residentes. A sua conservação é essencial para a proteção deste importante ecossistema.

Esta sessão consistirá numa intervenção em formato CAF Talk, na qual o painelista será convidado a falar connosco brevemente (15 minutos) sobre os esforços multinacionais para a conservação destes ecossistemas.

Participantes:

- Florencia Mitchel, especialista em mudanças climáticas

- Ian Davidson, Diretor Regional, Américas, BirdLife International (TBC)

- Mailin Saluzzio, gerente de programas internacionais, Aspresid

- Jorge Quiroga, Universidade Prefeita de San Andrés

- Rolando de Barros Barreto, Ministro do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Paraguai

A ser confirmado

Somos jovens, somos uma solução | Uma nova agenda global para a ação climática intergeracional

O que significa colaborar entre gerações? Quais são os benefícios da colaboração intergeracional? Quais são os desafios a superar?

Neste evento, explicaremos como a nova agenda global de ação climática intergeracional pode reforçar as capacidades dos jovens para melhorar a sua defesa através do lançamento do Mecanismo de Cooperação Intergeracional para a implementação da Agenda Global de Ação Climática".

 

Participantes:

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva do CAF – banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe.

- Gloria Ayuso, Diretora de comunicações da COP28, ECODES

- Víctor Viñuales, Diretor da Fundação Ecologia e Desenvolvimento (ECODES)

- Jhoanna Cifuentes, Diretora executiva da Climalab e coordenadora geral do RCOY LATAM 2023

- Max Trejo Cervantes, Secretário-geral da Organização Internacional da Juventude para a Ibero-América (OIJ)

- María Moreno, Executiva sênior de Ação Climática e Biodiversidade Positiva do CAF – banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe.

- Benjamin Carvajal, Presidente da Uno.Cinco e Coordenador Geral da RCOY LATAM 2023

- Julio Cordano (TBC), Chefe da Divisão de Meio Ambiente, Mudanças Climáticas e Oceanos do Ministério das Relações Exteriores do Chile

- Ramiro Fernández, Diretor de Campanhas, Equipe dos Campeões do Clima

- Monica Monsalve, jornalista da América Futura

Lançamento do livro “Ninguém se salva sozinho” Sonhos em ação a partir da exortação Laudate Deum do Papa Francisco

Depois da sua célebre Encíclica Laudato Si, o Papa publicou recentemente a Exortação Apostólica Laudate Deum, que reforça a necessidade de compreender a crise climática e a crise social como parte do mesmo desafio do desenvolvimento humano integral, contra o qual devemos agir com urgência, criatividade e coragem.

Neste espaço será realizada uma discussão sobre o livro “Ninguém se salva sozinho: sonhos em ação a partir da exortação Laudate Deum do Papa Francisco”.

Participantes:

- Gustavo Beliz, Membro da Pontifícia Academia de Ciências Sociais.

- Jeffrey Sachs, Diretor do Centro para Desenvolvimento Sustentável, Universidade de Columbia. Presidente da Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da ONU.

- Vera Songwe, Fundadora e Presidente do Mecanismo de Liquidez e Sustentabilidade. Co-presidente do Grupo Independente de Especialistas de Alto Nível sobre Financiamento para Ação Climática e membro sênior da Brookings Institution.

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva, CAF.

Apresentação do Relatório de Economia e Desenvolvimento "Desafios Globais, Soluções Regionais".

Este Relatório de Economia e Desenvolvimento analisa os desafios e as oportunidades que as mudanças climáticas e a conservação da biodiversidade implicam para a América Latina e o Caribe. Ele enfatiza três mensagens de relevância para a região: a importância da adaptação, a necessidade de contribuir para a mitigação global e a urgência de preservar o capital natural para o desenvolvimento sustentável.

Somos o Caribe, somos uma solução | ecossistema caribenho, economia azul e inovação financeira

Neste evento iremos reflectir sobre o papel das Caraíbas como local de acolhimento da biodiversidade marinha a nível global, e a sua elevada vulnerabilidade ambiental, social e económica às alterações climáticas. Da mesma forma, analisar as perspetivas da economia azul sustentável como motor de desenvolvimento que permite alcançar os objetivos de desenvolvimento sustentável da região e aumentar o seu ecossistema e a resiliência climática.

Participantes:

- Sergio Díaz-Granados, presidente executivo do CAF -banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe-

- Edmund Bartlett, Ministro do Turismo, Jamaica

- Peter Thompson, Enviado Especial da ONU para os Oceanos

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva CAF

- Cynthia Barzuna, Diretora da Ocean Action 2030

- Elizabeth Taylor Jay, Vice-Ministra de Assuntos Multilaterais do Ministério das Relações Exteriores da Colômbia

- Michelle Scobie, Palestra Sênior UWI, Instituto de Relações Internacionais

- Elizabeth McLeod, Diretora Global do Oceano, The Nature Conservancy (TBC)

- Carlos Correa, membro sênior da Conservation International e ex-ministro do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Colômbia

Somos biodivercidades, somos uma solução | A Rede de Cidades Biodiversas na Nova Diplomacia

Este evento será um espaço de diálogo global sobre a relevância que o modelo de Biodivercidades pode oferecer para um novo paradigma de desenvolvimento alinhado com os compromissos internacionais em matéria de desenvolvimento urbano sustentável e ambiental.

Participantes:

- Christian Asinelli, Vice-Presidente Corporativo de Programação Estratégica da CAF

- Jader Filho, Ministro das Cidades Brasil

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva do CAF

- Ana Lucía Reis, prefeita de Cobija, Bolívia.

- Juan Carlos Orellana, prefeito de Aguarico, Equador.

- Wagner Rodrigues Barros, prefeito de Araguaína, Brasil.

- Ángel Cárdenas Sosa, gerente de Desenvolvimento Urbano, Água e Economias Criativas do CAF

- Elkin Velázquez, representante para a América Latina do Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU Habitat)

- Christel Bourbon-Séclet, Diretora do Programa Financeiro C40 Cities

- Jaime Pumarejo, prefeito de Barranquilla Colômbia.

Somos Paramos, somos uma solução | Diálogo

Os paramos são ecossistemas de alta montanha na região norte dos Andes, caracterizados pela sua elevada biodiversidade e endemismo, mas também pela sua fragilidade ecológica. Eles estão localizados entre o limite superior da floresta e das geleiras das montanhas, em altitudes de aproximadamente 3.500 a 5.000 metros acima do nível do mar. Apesar de remotos e com pouca atividade humana, os paramos desempenham um papel crucial no fornecimento de água para uma população de aproximadamente 85 milhões de habitantes em cidades como Bogotá, Quito e Cuenca, além de serem utilizados para agricultura e pecuária. Esses ecossistemas cobrem uma extensa área de mais de 2,5 milhões de quilômetros quadrados nos Andes Tropicais.

Esta sessão consistirá num diálogo entre dois profissionais de instituições de conservação líderes e especialistas no ecossistema paramo.

Participantes:

- Maria Ines Rivadeneira, Gerente de Política e Governança WWF Equador (moderadora)

- Natalia Acero, Diretora de Água e Cidades, Conservation International (oradora principal)

- Fabio Arjona, Diretor Executivo, Conservação Internacional

- Carolina Useche, Gerente de Ação Climática (WRI)

- Santiago Sandoval, Secretário de Meio Ambiente do Município de Quito - Equador

Somos a energia limpa, somos uma solução

Contribuir para a cadeia de valor da transição energética justa (minerais críticos, hidrogénio verde, indústria da mobilidade elétrica, conhecimento de gestão renovável).

Forneceremos diversos espaços de discussão e análise sobre o conhecimento, as tendências e o estado da arte em questões energéticas, incluindo aspectos de transição e, principalmente, a contribuição que a região da América Latina e Caribe pode oferecer no âmbito de soluções para o problema …desafio das alterações climáticas.

Participantes:

- Sergio Díaz-Granados, presidente executivo, CAF, banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe

- Teresa Ribera, terceira vice-presidente do Governo de Espanha. Ministro da Transição Ecológica e Desafio Demográfico

- Dr. Fatih Birol, Diretor Executivo da Agência Internacional de Energia (AIE)

- Tomás González, diretor, Centro Regional de Estudos Energéticos

- Lucas Ferraz, Secretário de Negócios Internacionais do Estado de São Paulo Mónica Contreras Esper, Presidente TGI – Grupo Energía Bogotá

- Cristian Asinelli, vice-presidente corporativo de programação estratégica

- Mónica Araya, Diretora Executiva do Portfólio Internacional, European Climate Foundation

- Ramón Méndez–Galain, diretor executivo, Ivy Foundation.

- Claudio Maggi, Gerente de Assuntos Estratégicos da CORFO

- Gonzalo Sáenz de Miera, grupo espanhol para o Crescimento Verde (GECV)

CAF Talk | Ivan Duque

O evento terá um formato de palco ignite, no qual ele terá vinte minutos para dar a sua visão sobre a América Latina e as Caraíbas como uma Região de Soluções, abordando temas como a energia limpa, a redução do risco de catástrofes e as charnecas como um ecossistema estratégico. Nos próximos dias, partilharemos convosco a nota concetual do evento e o calendário previsto

Apresentação do Relatório de Economia e Desenvolvimento "Desafios Globais, Soluções Regionais".

Este Relatório de Economia e Desenvolvimento analisa os desafios e as oportunidades que as mudanças climáticas e a conservação da biodiversidade implicam para a América Latina e o Caribe. Ele enfatiza três mensagens de relevância para a região: a importância da adaptação, a necessidade de contribuir para a mitigação global e a urgência de preservar o capital natural para o desenvolvimento sustentável.

Somos resiliência, somos uma solução | Ecossistemas resilientes, inovação financeira no contexto do gerenciamento de riscos e perdas e danos

Este será um espaço de reflexão, discussão e análise sobre conhecimentos, tendências e estado da arte em adaptação, gestão de riscos de desastres e resiliência na região da América Latina e do Caribe, incluindo soluções que podem ser implementadas no âmbito de novas estratégias. o desafio das alterações climáticas.

Participantes:

- Sergio Díaz-Granados, Presidente Executivo da CAF

- Marina Silva, Ministra do Meio Ambiente do Brasil (TBC)

- Luis Olmedo Martinez Zamora, Diretor Geral de Parques Nacionais da Colômbia

- Cecilia Nicolini, Secretária de Mudanças Climáticas, Desenvolvimento Sustentável e Inovação da Argentina

- Mami Mizutori, representante especial do Secretário-Geral das Nações Unidas e Chefe do Escritório das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres

- José Manuel Salazar, Secretário Geral da CEPAL.

- Ángel Cárdenas, gerente de Desenvolvimento Urbano, Água e Economias Criativas do CAF

- Karina Barrera, membro do Comitê de Adaptação da UNFCCC que representa os países não incluídos no Anexo I

- Angela Rivera, assessora do Ministério do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Colômbia

- Jason Spensley, Especialista Sênior em Mudanças Climáticas – Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF)

- Pilar Garrido, Diretora da Direção de Cooperação para o Desenvolvimento da OCDE

- Lucas Di Pietro, Vice-presidente do Conselho do Fundo de Adaptação

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva do CAF

Somos Patagónia, somos uma solução | Diálogo

A Patagônia Argentina e Chilena compreende duas ecorregiões: a estepe e as florestas patagônicas. A estepe é uma zona fria e extremamente seca, com vegetação arbustiva baixa e em forma de almofada, que se encontra em grave perigo de conservação devido à diminuição da sua extensão, provocada inicialmente pelos incêndios pecuários. Por outro lado, as florestas patagônicas estão localizadas em regiões montanhosas do sul do Chile e sudoeste da Argentina, caracterizadas por um clima úmido e frio devido à influência das massas de ar úmido do Pacífico que perdem umidade ao cruzar a Cordilheira dos Andes. Este ecossistema abriga uma elevada biodiversidade com 84 espécies de mamíferos nativos, mas enfrenta sérios problemas devido à introdução de espécies que afectam as comunidades vegetais, muitas das quais são endémicas.

Esta sessão consistirá num diálogo entre dois ministros de países do ecossistema patagônico: Argentina e Chile. O diálogo será seguido de uma conversa com especialistas

Participantes:

- Joel Watson, Vice-presidente Sênior do Programa de Conservação Global da Wildlife Conservation Society (WCS) (orador principal)

- Carmen Virasoro, Diretora de Soluções Agroclimáticas

- Christopher Jordan, Diretor da Rewild América Latina

- Eduardo Sorensen, fotógrafo subaquático, Chile

Somos a agricultura sustentável e a segurança alimentar, somos uma solução | Produtividade, sustentabilidade e alimentação para todos: desafios para o financiamento na ALC - PARTE1

- Sergio Díaz-Granados, presidente executivo do CAF -banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva CAF -banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe

-Sra. Cindy H. McCain, Diretora Executiva, Programa Mundial de Alimentos

- Jhenifer Mojica, Ministra da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Colômbia

- Mensagem de Rattan Lal* (a confirmar). Prêmio Mundial da Alimentação (2020) e Prêmio Nobel da Paz (IPCC, 2007)

- Manuel Pulgar-Vidal, Ex-Ministro do Meio Ambiente do Peru e Presidente COP.14 em Lima

- Manuel Otero, Diretor Geral do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura

- Angela Maria Penagos Concha, Presidente do Fundo de Financiamento do Sector Agrícola (FINAGRO)

- María Helena Semedo (TBC), Diretora Geral Adjunta da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação – FAO

- Ministra Jhenifer Mojica, Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural da Colômbia

- Jeffrey Sachs, Diretor do Centro para Desenvolvimento Sustentável, Universidade de Columbia. Presidente da Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da ONU.

- Vanusia Nogueira, Diretora Executiva da Organização Internacional do Café (OIC).

- Juan Esteban Orduz Fórum Mundial de Produtores de Café.

Somos povos indígenas, somos uma solução | Agentes de mudança: um olhar sobre as soluções baseadas na natureza a partir do conhecimento ancestral coletivo

Este evento visa facilitar um diálogo aberto com representantes das comunidades indígenas da América Latina e do Caribe para tornar visível a sua enorme relevância na luta contra as mudanças climáticas e na preservação dos ecossistemas, abordando a sua visão de soluções baseadas na natureza. Neste diálogo, espera-se a troca de opiniões que permitirá avançar e divulgar soluções conjuntas para o problema global das alterações climáticas.

Participantes:

- Sergio Díaz-Granados, presidente executivo, CAF, banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe

- Gunnawia Matilde Chaparro Izquierdo, assessora do Arhuaco Cabildo (Colômbia)

- Darío Mejía Montalvo, presidente do Fórum Permanente das Nações Unidas sobre Assuntos Indígenas

- Danilo Villafañe, governador do Povo Arhuaco (Colômbia)

- Tania Vera, líder do povo Guarani (Paraguai)

- Jesús Amadeo Martínez Guzmán, Coordenador Geral do Fórum Indígena Abya Yala – FIAY e assessor sênior da CICA

- Hélcio Souza, The Nature Conservancy

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva, CAF

Somos a agricultura sustentável e a segurança alimentar, somos uma solução

- Sergio Díaz-Granados, presidente executivo do CAF -banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva CAF -banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe

-Sra. Cindy H. McCain, Diretora Executiva, Programa Mundial de Alimentos

- Jhenifer Mojica, Ministra da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Colômbia

- Mensagem de Rattan Lal* (a confirmar). Prêmio Mundial da Alimentação (2020) e Prêmio Nobel da Paz (IPCC, 2007)

- Manuel Pulgar-Vidal, Ex-Ministro do Meio Ambiente do Peru e Presidente COP.14 em Lima

- Manuel Otero, Diretor Geral do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura

- Angela Maria Penagos Concha, Presidente do Fundo de Financiamento do Sector Agrícola (FINAGRO)

- María Helena Semedo (TBC), Diretora Geral Adjunta da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação – FAO

- Ministra Jhenifer Mojica, Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural da Colômbia

- Jeffrey Sachs, Diretor do Centro para Desenvolvimento Sustentável, Universidade de Columbia. Presidente da Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da ONU.

- Vanusia Nogueira, Diretora Executiva da Organização Internacional do Café (OIC).

- Juan Esteban Orduz Fórum Mundial de Produtores de Café.

Evento do MIT | Coalizão para o Chocó Biogeográfico

O evento busca facilitar a aproximação entre governos, sociedade civil, academia e bancos multilaterais para compreender os problemas socioambientais do Chocó Biogeográfico com o objetivo de promover a cooperação conjunta e mecanismos de articulação transnacional.

Somos Floresta de Tumbes, Chocó e Magdalena, somos solução | Painel

Na bacia do rio Magdalena, que abrange 250 mil km², existem 233 espécies de peixes, com 76% de endemismo. Esta bacia é vital para a regulação da água e mais de 80% do PIB da Colômbia depende da sua produtividade. No entanto, 78% da bacia enfrenta erosão crítica e problemas como a desflorestação, a poluição proveniente da mineração ilegal e outros factores ambientais, o que reduziu significativamente a pesca nos últimos 40 anos. Esta situação afecta os 30 milhões de pessoas que vivem neste ecossistema estratégico.

Esta sessão consistirá num breve painel que contará com a presença de três personalidades de referência na conservação destes ecossistemas.

Participantes:

- Frank Rijsberman, Diretor Geral, Global Green Growth Institute, Coreia

- Elizabeth Gray, CEO, Audubon

- Diego Saez Gil, CEO, Pachama, Estados Unidos da América

- Anna Stewart, Diretora Executiva, Instituto Interamericano de Pesquisa sobre Mudanças Globais (IAI) Uruguai

PARAGUAI: Capital Verde para o Mundo

O evento apresentará e divulgará iniciativas nacionais e projeções de curto e médio prazo para transporte e energia sustentáveis e resilientes, além de estabelecer vínculos de colaboração interinstitucional em nível nacional e internacional.

Mudanças climáticas, deslocamento e migração: El Darien

O objetivo da atividade é apresentar as principais ações que a CAF está desenvolvendo para mitigar o impacto das Mudanças Climáticas nas cidades da América Latina e do Caribe e fortalecer sua capacidade de receber migrantes, por meio de projetos-chave de infraestrutura urbana, social e educacional, no âmbito da Rede de Biodiversidades criada no final de 2011 com o objetivo de incorporar a biodiversidade no planejamento e gestão urbana.

Além disso, busca aumentar a conscientização sobre a crise migratória multicausal que a região está enfrentando, com foco na crise humanitária que está ocorrendo no Darién, e destacar a importância de proporcionar inclusão ao longo da rota migratória para desencorajar os migrantes a atravessar o Darién.

ARGENTINA | REDLASEIA

Serão apresentadas as diretrizes para a integração da mudança climática na avaliação ambiental de projetos de investimento da Rede Latino-Americana de Sistemas de Avaliação de Impacto Ambiental (REDLASEIA), para garantir a capacidade dos projetos de lidar com possíveis impactos climáticos e promover maior resiliência e sustentabilidade em todos os estágios de seu desenvolvimento.

Economia azul

O objetivo deste evento é criar sinergias para alcançar uma abordagem regional multissetorial que permita ações conjuntas para uma economia azul sustentável na América Latina e no Caribe, incluindo o foco nas comunidades étnicas. Da mesma forma, conheça as experiências do Chile e do México sobre a abordagem adotada e os avanços alcançados no desenvolvimento de um Plano Oceânico Sustentável em seus respectivos contextos.

Participantes:

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva do CAF

- Peter Thomson, Enviado Especial da ONU para os Oceanos

- Carlos Alvarado Quesada, ex-presidente da República da Costa Rica

- Alicia Bárcena, Secretária de Relações Exteriores do México (TBC)

- Julio Cordano, diretor de Meio Ambiente, Mudanças Climáticas e Oceanos, Ministério das Relações Exteriores do Chile.

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva CAF

- Cynthia Barzuna, Diretora da Ocean Action 2030

- Ignace Beguin Billecocq, Equipe de Campeões do Clima - Líder de Zonas Oceânicas e Costeiras e Chefe Interino da Natureza

- Lars Roth, Diretor do Fundo de Defesa Ambiental de Parcerias Governamentais (EDF)

- Gunnawia Matilde Chaparro, líder indígena, Organização Arhuaca, Colômbia

Somos a Mata Atlântica, somos solução | CAF Talk

A Mata Atlântica é a segunda maior formação florestal de toda a região Neotropical, depois da Floresta Amazônica. Cobriu originalmente uma área de 130 milhões de hectares distribuídos entre Brasil, Paraguai e Argentina, dos quais pouco menos de 10% são conservados. No século XX, o desmatamento reduziu a Mata Atlântica a fragmentos dispersos e isolados, tornando-a, segundo a UNESCO, até hoje um dos biomas mais ameaçados do mundo.

Esta sessão consistirá em uma intervenção no formato CAF Talk, na qual o palestrante deverá apresentar brevemente (15 minutos) os principais esforços que estão sendo realizados na Argentina para conservar a floresta paranaense.

Participantes:

- Gervasio Malagrida, Ministro de Mudanças Climáticas da província de Misiones, Argentina.

- Alexis Leroy, fundador e CEO do Grupo ALLCOT

- Frineia Rezende, Diretora Executiva da TNC

- Manuel Frávega, Sócio, Direito Ambiental e Mudanças Climáticas, Beccar Varela

Somos a segurança hídrica, somos a solução | Soluções baseadas na natureza (NBS) para a segurança hídrica nas cidades.

Apresentaremos algumas experiências sobre a aplicação de NbS em projectos ligados à Segurança Hídrica e como estas podem ser combinadas como parte da infra-estrutura tradicional (cinzenta), fornecendo soluções adequadas, abrangentes, eficientes e amigas do ambiente, que por sua vez têm a vantagem de melhorar os ambientes urbanos onde são implementados.

Participantes

- Ángel Cárdenas, Gerente de Desenvolvimento Urbano, Água e Economias Criativas, Banco de Desenvolvimento da América Latina e do Caribe, CAF
- Frineia Rezende da Silva – Diretora Nacional do Brasil, The Nature Conservancy (TNC)

- Anna Dupont – Analista Sênior de Políticas, OCDE
- Ivo Ferreira Gomes - Prefeitura de Sobral, Brasil
- António Ventura - Vice-Presidente do Conselho de Administração, Águas de Portugal Internacional
- Dahlia Sabri - Membro do Conselho, Associação Internacional de Recursos Hídricos (IWRA)
- Sachin Bhoite - Diretor de Resiliência Climática, C40

Apresentação do Relatório de Economia e Desenvolvimento "Desafios Globais, Soluções Regionais".

Este Relatório de Economia e Desenvolvimento analisa os desafios e as oportunidades que as mudanças climáticas e a conservação da biodiversidade implicam para a América Latina e o Caribe. Ele enfatiza três mensagens de relevância para a região: a importância da adaptação, a necessidade de contribuir para a mitigação global e a urgência de preservar o capital natural para o desenvolvimento sustentável.

Somos a inclusão, somos a solução|Vulnerabilidade às mudanças climáticas como fator de resiliência: a perspectiva das pessoas com deficiência.

O objetivo deste evento é explorar os desafios e oportunidades que a ação climática apresenta para as pessoas com deficiência, na redução dos efeitos negativos das alterações climáticas nas pessoas e grupos sociais mais vulneráveis, assegurando ao mesmo tempo que os benefícios e custos da ação climática são distribuídos equitativamente.

Participantes

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva, CAF

- Javier Güemes, Diretor de Relações Internacionais, Grupo Social ONCE

- Elham Youssefian, Aliança Internacional para Deficientes (TBC)

- Benjamin Schachter, Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (TBC)

- Natalia Guala Beathyate, Diretora Técnica de Relações Internacionais ONCE Social Group

Somos a Amazónia, somos uma solução | CAF Talk

A Amazônia gera entre 16% a 20% da água doce do planeta, contém 25% da biodiversidade terrestre, mais espécies de peixes do que qualquer outro sistema fluvial, 6.000 espécies de animais e pelo menos 40.000 espécies de plantas. No entanto, o bioma está desaparecendo. O sintoma mais evidente é o desmatamento acelerado causado principalmente pelo avanço da fronteira agrícola no sudeste do Brasil. Porém, os diversos ecossistemas terrestres e aquáticos estão sendo afetados em todos os países que compartilham o bioma. A intensificação das mudanças climáticas, por sua vez, tem impacto na perda acumulada de florestas e a diminuição da sua resiliência alteraria o ciclo da água e geraria mudanças irreversíveis no funcionamento da Amazônia.

Esta sessão consistirá em uma intervenção no formato CAF Talk, na qual o painelista será solicitado a nos contar brevemente (15 minutos) sobre sua experiência de financiamento de projetos de conservação no Brasil, especialmente na Amazônia.

Participantes:

- Javier Peña, CEO Hope (moderador)

- Eleonora Betancourt, Diretora da Agência Presidencial de Cooperação Internacional da Colômbia, APC Colômbia

- Karina Pinasco, Coordenadora do SDSN, Amazônia, Peru

- Belén Paez, Diretora Executiva, Fundação Pachamama, Equador

- Domingo Peas, Coordenador Territorial, Iniciativa Bacias Sagradas, Equador

- Alicia Montalvo, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva, CAF -banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe-

Somos a inovação, somos a solução|Mercado de ativos ambientais

O objetivo deste evento paralelo é identificar as lacunas e analisar as oportunidades representadas pela implementação de mercados de ativos ambientais na ALC, a partir da experiência e lições aprendidas com os mercados de carbono, em seu planejamento, regulação, operação e supervisão. Para tanto, será apresentado o novo roteiro do CAF sobre o assunto, focado em garantir sua integridade, institucionalidade, transparência e impacto. Da mesma forma, será apresentado o primeiro resultado dessa estratégia: o Policy Brief Mercados Voluntários de Carbono de Alta Integridade no Sul Global: Opções para formuladores de políticas na América Latina e no Caribe, elaborado pelo CAF em aliança com ICVCM, VCMI e IIF.

Participantes:

- Alicia Montalvo Santamaría, Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva, CAF

- Alex Saer, CEO da Cercarbono

- Katie Sullivan, Diretora Geral da Associação Internacional de Comércio de Emissões, IETA

- Valérie-Noëlle Kodjo Diop, Diretora de Inovação e Desenvolvimento Sustentável Banco de Desenvolvimento da África Ocidental, BOAD

- Ignacio Lorenzo Arana, Diretor de Assessoria Técnica em Biodiversidade e Clima, CAF

- Jeremy McDaniels, Diretor Adjunto, Finanças Sustentáveis, Instituto de Finanças Internacionais, IIF

- Daniel Ortega Pacheco, copresidente do painel de especialistas, Conselho de Integridade para Mercados Voluntários de Carbono, IC-VCM

- Ana Carolina Szklo Diretora Técnica – Mercados e Padrões, The Voluntary Carbon Market Integrity Initiative, VCMI

Somos finanças verdes, somos solução|Fundos verdes como catalisadores de mudanças transformadoras na América Latina e no Caribe.

Este evento será um diálogo aberto com instituições financeiras internacionais, fundos de investimento e fundos verdes para destacar o seu papel na América Latina e no Caribe e analisar o impacto das suas necessidades na região. O diálogo centrar-se-á nas oportunidades de expansão dos recursos e na colaboração entre fundos e entidades regionais.

Participantes:

- Alicia Montalvo, Ação Climática e Biodiversidade Positiva, Gerente, CAF

- Diego Mesa, Vice-Chefe da Divisão de Política Climática, FMI

- Paula Ellinger (TBC) Diretora de Ação Climática da Fundación Avina

- Pascal Martinez, Especialista Ambiental Sênior do Global Environment Facility

- Manuel Otero, Diretor Executivo, Instituto Interamericano de Cooperação na Agricultura

- Parceria Maria Gabriela Garcia, Cooperação Internacional e Financiamento Externo (CABEI)

- Hector Morales, Diretor Geral, Presidente América Latina, Macquarie Capital

- Hector Morales Diretor Geral, Presidente América Latina, Macquarie Capital

- Diego Mesa Vice-Chefe da Divisão de Política Climática, IM

VENEZUELA| Avanço das instituições climáticas na Venezuela

Esse evento analisará os desafios e as oportunidades no desenvolvimento de instituições climáticas. Seu objetivo é promover as políticas climáticas desenvolvidas no país para enfrentar a crise climática.

 
MÉXICO: Iniciativa "Plan Sonora

Durante o evento, o "Plano de Energia Sustentável de Sonora" será apresentado à comunidade global. Essa iniciativa representa a dedicação do governo mexicano em estabelecer um ecossistema sustentável, promovendo o crescimento de setores estratégicos, como eletromobilidade, automação e semicondutores.

Dia livre de atividades

Somos Manguezais e Zonas Úmidas, somos uma solução | CAF Talk

Os manguezais são ecossistemas marinho-costeiros altamente produtivos que sustentam a cadeia alimentar estuarina e desempenham um papel fundamental na vida de aproximadamente 70% dos organismos marinhos. Estas florestas fornecem serviços ecossistémicos no valor de pelo menos 1,6 mil milhões de dólares anuais e sustentam as comunidades costeiras. Na América Latina e no Caribe, a maioria dos manguezais possui alguma forma de proteção, representando 72% da área de mangue na América do Sul. Isto excede a percentagem global de áreas protegidas de manguezais, que é de 42%.

Esta sessão consistirá numa intervenção no formato CAF Talk, na qual o painelista será convidado a explicar brevemente (15 minutos) os principais desafios e oportunidades para o desenvolvimento de projetos de conservação deste ecossistema e falar-nos sobre o Global Mangrove. Aliança.

Participantes:

-Alícia Montalvo. Gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva do CAF -banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe-

- Enric Salas, Diretor do Programa Mares Pristinos, National Geographic

- Carlos Eduardo Correa, Embaixador “The Mangrove Breakthrough” e ex-Ministro do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Colômbia

- Ignacio Lorenzo, Diretor de Assessoria Técnica em Biodiversidade e Clima, CAF -banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe-

- CEO do Grupo Ousmane Fall Sarr, Empresa Africana de Resiliência, SUARL Holding

- Alex Saer, CEO da Cercarbono; Especialista em Mudanças Climáticas e Economia Circular

- Ignacia de la Rosa, líder comunitária do projeto Vida Manglar, Colômbia

- Eric Schwaab, vice-presidente sênior, Fundo de Defesa Ambiental de Pessoas e Natureza

Manguezais: uma oportunidade para impulsionar a economia azul

O objetivo do evento é criar um espaço de diálogo para refletir sobre a importância do ecossistema manguezal para a manutenção da biodiversidade global, mitigação das mudanças climáticas, segurança alimentar, resiliência das comunidades costeiras e economia azul. Da mesma forma, conhecer experiências, perspectivas e tendências sobre projetos de Carbono Azul, como uma oportunidade para conservar e restaurar os ecossistemas de manguezais com a participação das comunidades costeiras.

BRASIL, COLÔMBIA e MÉXICO | "Instrumentos-chave para uma transição justa na América Latina WRI

Neste evento, discutiremos os desafios e as tendências em instrumentos regulatórios, financeiros, fiscais e políticos para aumentar o investimento em ações climáticas na América Latina e impulsionar a transição para um modelo de desenvolvimento equitativo, de baixo carbono e resiliente.

COSTA RICA: Iniciativa sobre paisagens agrícolas sustentáveis

A Costa Rica tem a produção agrícola per capita mais robusta da América Latina, sua produção agrícola tem emissões líquidas zero e é produzida livre de desmatamento, agora o país está se preparando para produzir livre de agroquímicos. Nesse evento, será apresentado o progresso do projeto Agro-paisagens Sustentáveis.

Ocean conservancy

Esse evento paralelo, convocado pela CAF e pela Ocean Conservancy, reunirá representantes de bancos multilaterais, governos, setor e sociedade civil para discutir a necessidade de mecanismos de financiamento concessionais para promover a implantação da energia eólica offshore para atingir as metas climáticas e de conservação.

Somos o Corredor Biológico Mesoamericano, somos uma solução | CAF Talk

O Corredor Biológico Mesoamericano (MBC) é uma região que conecta áreas naturais de Belize, Guatemala, El Salvador, Honduras, Nicarágua, Costa Rica, Panamá e alguns estados do sul do México. A área funciona como uma ponte terrestre natural da América do Sul para a América do Norte, o que é importante para as espécies que utilizam a ponte na migração. Devido aos extensos tipos de habitats únicos, a Mesoamérica contém entre 7 e 10% das espécies terrestres do mundo. Para cuidar deste Património Natural, devemos trabalhar com as populações locais para que aproveitem de forma sustentável os serviços ecossistémicos oferecidos por este ecossistema estratégico.

Esta sessão consistirá numa intervenção no formato CAF Talk, na qual o painelista será solicitado a nos contar brevemente (15 minutos) sobre as experiências do fundo Heifer Impact Capital nos países do Corredor Biológico Mesoamericano.

Participantes:

- Jorge Barrigh, Diretor Regional, Impact Capital Américas, Heifer Impact Capital

- Christopher Jordan, Diretor para a América Latina, Re:Wild

- Edwin Castellanos, Diretor de Ciência, Instituto Interamericano de Pesquisa sobre Mudanças Climáticas

- Jeremy Radachowsky, Diretor Regional Mesoamérica e Caribe, WCS

- Jessica Jacobs, CEO, Sureco and Partners (TBC)

BOLIVIA | Florestas
 
MÉXICO | Fundo de Adaptação da CELAC

Serão apresentados o escopo e a operação desse Fundo na América Latina e no Caribe, que também reconhece como diretrizes integrais o Marco de Ação de Hyogo 2005-2015: Construindo a Resiliência das Nações e Comunidades aos Desastres, juntamente com o Marco de Sendai para a Redução do Risco de Desastres 2015-2030, adotado na Terceira Conferência Mundial das Nações Unidas sobre Redução do Risco de Desastres, em 18 de março de 2015.

BOLÍVIA | Progresso dos programas ASL e alinhamento estratégico da Bolívia à estrutura de Biodiversidade Global
VENEZUELA | Empoderamento climático em ação: Brigadas de jovens contra a crise climática

Esse evento busca tornar visível o empoderamento climático da juventude venezuelana e a política das Brigadas Jovens contra a Crise Climática na Venezuela.

 
BRASIL | Programa de Cooperação Internacional “Quilombos das Américas

Neste evento será anunciado o programa de cooperação e os países da América Latina e do Caribe serão incentivados a aderir. O objetivo do programa é promover a igualdade racial e a justiça ambiental e climática, bem como aumentar o acesso aos direitos territoriais das comunidades afrodescendentes nas Américas, com o objetivo de construir uma rede de cooperação interinstitucional e promover projetos de cooperação internacional em a região.

Somos a Corrente de Humboldte, somos uma solução | CAF Talk

A zona de ressurgência da Corrente de Humboldt é um dos ambientes marinhos mais ricos do planeta e é a razão pela qual o Peru e o Chile estão entre os dez principais países produtores de pesca a nível mundial. Este ecossistema fornece mais de 20% da captura de peixes e sustenta mais de 1.000 espécies. Dada a elevada produtividade biológica e a sua localização costeira, existe uma elevada intervenção humana nesta região devido à pesca industrial e artesanal, à actividade petrolífera e ao elevado desenvolvimento dos centros populacionais próximos da costa.

Esta sessão consistirá em uma intervenção no formato CAF Talk, na qual o painelista será solicitado a explicar brevemente (15 minutos) sua experiência de trabalho em projetos de restauração ecológica em ilhas nas costas do Chile, Peru e Equador.

Participantes:

- Max Bello, consultor de políticas, Mission Blue

- Sylvia Earl, Exploradora Residência Nacional

- José Julio Casas, Secretário Pro Tempore da CMAR

- Daniel Saldias, Diretor de Economia Circular, Midas Chile

- Representante da CAF, Projeto CAF-GEF em Galápagos

Rumo a uma estratégia regional inteligente de resiliência climática

A América Latina e o Caribe (ALC) estão entre as regiões mais expostas do mundo a ameaças de origem natural, incluindo aquelas desencadeadas e causadas por variáveis ​​climáticas, que, somadas às condições estruturais de vulnerabilidade, dão origem a um panorama complexo de riscos de desastres . A frequência e intensidade dos desastres relacionados com o clima aumentaram significativamente nas últimas quatro décadas, aumentando a urgência de tomar medidas eficazes de redução de riscos, complementadas por processos para reforçar a capacidade de resposta aos desastres, mantendo também uma perspectiva de adaptação progressiva às alterações climáticas .
 
O CAF -banco de desenvolvimento da América Latina e do Caribe- é a instituição ideal para liderar esses esforços e enfrentar esses desafios críticos.
 
Esta sessão consistirá em um debate liderado por Alicia Montalvo, gerente de Ação Climática e Biodiversidade Positiva do CAF, com um decisor político, um representante do setor financeiro privado e um membro da equipe de consultoria que trabalha na estratégia regional do CAF.

Conceber modelos de financiamento de elevado impacto para o clima e a natureza

O objetivo do evento é desenvolver capacidades sobre os conceitos de transição justa e empregos verdes, decentes e de qualidade, fomentar a colaboração para trabalhar em conjunto para uma transição justa na região e partilhar boas práticas e políticas para promover a articulação multissectorial na região.

 
YOUNGO Transição justa intergeracional na América Latina: onde estamos e onde podemos chegar

O objetivo do evento é capacitar os conceitos de transição justa e empregos verdes, decentes e de qualidade, fomentar a colaboração para trabalhar com os jovens em prol de uma transição justa na região e promover a articulação multissetorial para a transformação verde do mundo do trabalho.

Somos a Gran Chaco y Pantanal, somos uma solução | CAF Talk

O Gran Chaco, uma extensa floresta tropical seca que abrange Bolívia, Paraguai, Brasil e Argentina, é um dos ecossistemas mais diversos da região. É o lar de uma abundante variedade de espécies vegetais e animais, muitas das quais são endêmicas e ameaçadas de extinção. Também fornece serviços ecossistémicos cruciais, como a regulação climática, a purificação da água e o sequestro de carbono na sua biomassa e nos solos, tornando-se uma reserva vital de carbono. Este ecossistema também é fundamental para as comunidades indígenas cujas culturas e modos de vida estão intrinsecamente ligados à biodiversidade do Chaco.

O Pantanal, a maior área úmida de água doce do planeta, abrange o Brasil, a Bolívia e o Paraguai. É o lar de uma surpreendente diversidade de espécies vegetais e animais, incluindo algumas em perigo de extinção, como a onça-pintada. O Pantanal desempenha um papel crucial na regulação do fluxo de água, na purificação da água, na regulação do clima e na proteção contra inundações, tornando-o um amortecedor natural contra eventos climáticos extremos e um habitat essencial para aves migratórias e residentes. A sua conservação é essencial para a proteção deste importante ecossistema.

Esta sessão consistirá numa intervenção em formato CAF Talk, na qual o painelista será convidado a falar connosco brevemente (15 minutos) sobre os esforços multinacionais para a conservação destes ecossistemas.

Participantes:

- Florencia Mitchel, especialista em mudanças climáticas

- Ian Davidson, Diretor Regional, Américas, BirdLife International (TBC)

- Mailin Saluzzio, gerente de programas internacionais, Aspresid

- Jorge Quiroga, Universidade Prefeita de San Andrés

- Rolando de Barros Barreto, Ministro do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Paraguai

A ser confirmado

Noticias da LAC na COP

11/06/2024

CAF, BNDES e Pará anunciam Museu das Amazônias

Ver más
06/12/2023

CAF investirá US$ 2 bilhões para proteger a Amazônia

Ver más
06/12/2023

Os mercados de carbono precisam de mais integridade

Ver más

Assine nosso boletim informativo para se manter informado