Mais de 1 milhão de argentinos em cinco províncias serão beneficiados por projetos de educação e infraestrutura

Montevideo, Uruguay, 09 de julho de 2019

Educação, transporte, energia, água e turismo são os setores em que serão realizados investimentos por meio do Programa de Melhoria do Acesso e Qualidade Educacional (Promace) e do Programa Federal de Infraestrutura Regional (PFIR) nas províncias de Jujuy, Corrientes, Entre Ríos, Mendoza e Neuquén.

o mais recente

Lacalle Pou: Empoderar os cidadãos com liberdade e fortalecer as instituições multilaterais no pós-pandemia
Lacalle Pou: Empoderar os cidadãos com liberdade e fortalecer as instituições multilaterais no pós-pandemia
A recuperação econômica pós-Covid-19 e o futuro do contrato social nas Américas foram o centro da discussão da primeira sessão da 24ª Conferência do CAF, na qual o presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, juntamente com o Prêmio Nobel de Economia, Joseph Stiglitz, e especialistas internacionais concordaram com a importância de priorizar investimentos em infraestrutura, saúde e educação para mitigar o impacto na desigualdade e na pobreza, além de reativar o crescimento econômico na América Latina.
CAF propõe fundo para países desenvolvidos apoiarem a recuperação da América Latina
A recuperação econômica pós-COVID-19 e o futuro do contrato social nas Américas serão alguns dos temas centrais da 24ª Conferência do CAF, a ser realizada virtualmente, de 9 a 11 de setembro, e que contará com mais de 30 lideranças, como o presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, e o ganhador do Prêmio Nobel de Economia, Joseph Stiglitz, entre outros.
COVID-19: mais de 135 mil MPMEs mexicanas se beneficiam de parceria entre CAF e NAFIN
COVID-19: mais de 135 mil MPMEs mexicanas se beneficiam de parceria entre CAF e NAFIN
Por meio de linha de crédito concedida pelo CAF a favor da Nacional Financiera (NAFIN), têm-se beneficiado MPMEs dos setores de comércio, indústria e serviços, os mais intensos em capital humano e, portanto, os mais vulneráveis ​​no âmbito da situação atual de saúde e econômica, com créditos que acumulam 5.916,6 milhões de pesos.