cerrar
cerrar

caf.com / notícias / caf leva à bolívia o semáforo de eliminação da pobreza à bolívia, uma nova ferramenta de inovação social

notícias

TwitterFacebookGoogle plusLinkedInYoutubeRSSSuscribe
30 de novembro de 2018CAF leva à Bolívia o Semáforo de Eliminação da Pobreza à Bolívia, uma nova ferramenta de inovação social
2img - CAF leva à Bolívia o Semáforo de Eliminação da Pobreza à Bolívia, uma nova ferramenta de inovação social
2img - CAF leva à Bolívia o Semáforo de Eliminação da Pobreza à Bolívia, uma nova ferramenta de inovação social

O CAF apoia, na Bolívia, o lançamento de uma nova ferramenta para medir e superar a pobreza nas instituições microfinanceiras. Essa inovação social melhora o impacto do microcrédito, abre novas oportunidades de negócios e capacita as famílias participantes.

 

comparteimg - Twitterimg - Facebookimg - GooglePlusimg - LinkedInimg - Whatsapp

A Diaconía, Instituição Financeira de Desenvolvimento da Bolívia, implementará, com o apoio do CAF –banco de desenvolvimento da América Latina, uma ferramenta inovadora para superar a pobreza, o Semáforo de Eliminação da Pobreza, entre seus clientes na área de microcrédito. A ferramenta foi desenvolvida pela Fundación Paraguaya, uma organização social do Paraguai, e é apoiada pelo Locfund, um fundo de financiamento em moeda local para instituições de microfinanças na América Latina e no Caribe, administrado pela BIM Ltd.

O Semáforo de Eliminação da Pobreza é uma inovação social que permite às famílias medir seu nível de pobreza e identificar estratégias personalizadas para suprir suas necessidades específicas relacionadas tanto ao setor público quanto ao privado. O Semáforo decompõe o conceito avassalador da pobreza em problemas administráveis, menores, que podem ser resolvidos por meio de ações práticas. Desta forma, as famílias passam a ser os principais protagonistas da eliminação da pobreza, da autoavaliação à implementação de soluções (com orientação e assistência).

O lançamento da iniciativa na Bolívia ocorreu no auditório do CAF na cidade de La Paz e foi presidido pela representante do CAF no país, Gladis Genua, que destacou que “o semáforo é uma poderosa ferramenta de inovação social, a qual complementa as metodologias tradicionais de medição da pobreza com novas variáveis de natureza social e psicoemocional e, por outro lado, capacita os mesmos grupos vulneráveis na avaliação e melhoria de suas próprias condições”.

Também participaram Claudia Daza, da Diaconía; Roberto Giménez, gerente de programas da Fundación Paraguaya, e Fernando Sánchez, CEO da Bim Ltd.

O Semáforo já está sendo usado por treze empresas de microcrédito na América Latina e replicado em outros países, como México, Chile, Estados Unidos, Reino Unido, Papua Nova Guiné e Taiwan.

 

TwitterFacebookGoogle plusLinkedInYoutubeRSSSuscribe